O dilema da tradução: rapidez, custo e qualidade

O tripé da tradução apresentado pelo Dr. Martin Barnes mostra-nos as diferentes possibilidades que as agências e empresas enfrentam quando lidam com um projeto.

Projetos de tradução devem cumprir três condições importantes como definida pelo “triângulo de ferro” (criado pelo Dr. Martin Barnes nos anos 70: qualidade, tempo e custo. Um lado do triângulo não pode ser mudado sem afetar aos outros. De acordo com essa teoria, projetos de tradução parecem estar presos nessa impossível equação, onde o processo ideal, rápido, bem-feito e barato jamais pode ser alcançado.

Vamos primeiro entender o desafio.

Qualidade é historicamente subjetiva e não padronizada, consideremos como uma combinação da experiência pessoal do provedor e do seu envolvimento na realização do projeto. Rapidez, significa a quantidade de tempo gasto para a finalização do projeto de tradução e custo refere-se ao orçamento atribuído.

Como o triângulo deve ser entendido?

Os requerimentos são independentes, eles mostram três possibilidades principais e duas coisas a se evitar:

Projetos podem ser:

  • Rápidos e baratos = má qualidade. É o que clientes mais buscam, sem considerar que reduzir a quantidade de tempo gasto em um projeto possivelmente causará falhas.
  • Rápidos e com boa qualidade = caros. Você precisará de uma equipe maior, o que custará mais em relação a recursos e organização.
  • Boa qualidade e baratos = demorados. Para economizar dinheiro, a agência de tradução escolherá iniciantes e dará mais tempo a eles e o projeto não será tratado como prioridade.

O que evitar:

  • Não tente buscar um serviço rápido, com boa qualidade se você não está preparado para pagar um valor maior: É simplesmente impossível. É uma ilusão. E se uma agência de tradução promete esse tipo de transação, você deveria pensar duas vezes antes de aceitá-la.
  • Desnecessário dizer que a alternativa seguinte deveria definitivamente ser evitada: Um projeto caro, mal gerenciado e que não será finalizado a tempo. Apesar de parecer óbvio, muitas entregas são repetidas vezes adiadas e o cliente é forçado a pagar valores mais altos para cobrir todos os custos adicionais que foram necessários para completar o projeto. No final, o produto pode ainda não atender as especificações.

O que sugerimos?

Certamente, é importante ressaltar os obstáculos, mas é ainda mais importante ultrapassá-los. Recomendamos focar no custo e implementar um controle de qualidade rigoroso. Primeiramente, melhorará a qualidade do projeto, também aumentando seu custo e tempo, já que um passo extra foi adicionado do processo de tradução. Entretanto, devemos estar cientes que quando uma tradução de qualidade precisa ser exaustivamente editada, os custos também aumentarão além do tempo gasto. Dessa maneira, implementar um processo de controle de qualidade, contribuirá para eliminar esse risco.

Descubra a nossa agência de tradução.